BBC traz quarta temporada de “Orphan Black”

Por Alexandre, 19 de junho de 2016 às 10:06

 

Orphan BlackSarah Manning está voltando pra casa na esperança de reencontrar a filha, Kira, que ela deixou com sua mãe ainda muito pequena para, num arroubo de paixão e inconsequência ,  fugir com o namorado para se aventurar em pequenos roubos, álcool e drogas. Enquanto perambula pela plataforma da estação de trem, avista uma mulher, de costas, bem vestida,  deixando cuidadosamente alguns pertences no chão. Achando a atitude estranha, Sarah se aproxima e, quando a mulher se vira para caminhar, um susto: ela e Sarah são idênticas.  Mal tem tempo de se recuperar, Sarah já se depara com a estranha saltando na frente do trem que passa em alta velocidade sobre os trilhos.

Estupefata ao presenciar o suicídio, ela decide revirar os pertences da vítima e descobre que a suicida se chamava Elizabeth.  Sarah vai até o local onde Elizabeth morava e percebe que, pela beleza do apartamento, não se tratava obviamente de uma maluca qualquer.  Decide, então, assumir a identidade da vítima, com o único propósito de desfrutar de uma vida melhor do que aquela que vinha tendo.

Isso é só o começo de uma grande enrascada.  Primeiro, porque a falecida era policial e estava sendo questionada pela corregedoria por uma morte suspeita durante uma troca de tiros num bar; segundo, e mais complexo, porque Beth era sua… clone!

Se lidar com uma cópia de si mesma já parecia encrenca suficiente, imagine o susto da protagonista ao descobrir que ambas são oriundas de experiências científicas da Dyadd, laboratório especializado em fertilidade, e que Sarah e Beth não são as únicas resultantes da experiência. Para piorar a situação, alguém está atrás desses clones com o propósito de eliminá-los ou, na melhor das hipóteses, mantê-los sob intensa vigilância.

O mérito de “Orphan Black”, série da BBC Americana em parceria com a Temple Street Productions ,  fica a cargo da canadense  Tatiana Maslany, que dá vida a todos os clones, criando características e trejeitos diferentes para cada um, sem parecer forçado,  num show de interpretação – não à toa,  a atriz foi agraciada com o Constellation Awards , premiação anual realizada no Canadá para atrações de ficção científica.

A primeira temporada foi ao ar em 2013 e foi muito bem recebida pela crítica; o mesmo aconteceu com as temporadas subsequentes. Atualmente, a BBC exibe a quarta temporada. No Brasil, as três primeiras foram adquiridas pelo Netflix, e a quarta já está em negociação. Se você não assistiu ainda, aproveite: mesmo que o assunto não esteja entre os seus preferidos, valerá a pena pelas brilhantes interpretações.


Comentários

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Alexandre

42 anos, Especialista em T.I., apaixonado por música e que adora dar pitacos em filmes, séries e afins.



Quarta temporada de “Orphan Black” estréia no Netflix

A quarta temporada de "Orphan Black" começa com a finada policial Beth Childs i...


“Marcella” estreia este mês no Netflix

Estreou este mês no Netflix  "Marcella", série que conta a história da detet...





Parceiros

Adoro Cinema   Pixel TV